20 de novembro, Dia da Consciência Negra -Texto e desenhos de Clevane Pessoa + Poemagem de Jak Bosmas


A bela poemagem de Jaak Bosmans está aqui publicada com autorização do autor.





(também em ilustradores.ning.com/profile/ClevanePessoade...)

Deseho de Clevane Pessoa , publicado em Estalo, a revista, para ilustrar o poema NEGRITUDE,de sua autoria.Mãe Áfica.(também em ilustradores.ning.com/profile/ClevanePessoade...)

Dia nacional da Consciência Negra, neste 20 de Novembro

Em todo o Brasil, pessoas que lembram a luta do Negro por seu sagrado direito de um lugar ao sol da vida e da sociuedade, acontecem.Personagens reais como a do significativo líder Zumbi dos Palmares,cuja data de passagem foi escolhida para essas celebrações. a escrava Anastácia, Joaquim Nabuco, etc, fazem com que se realizem muitas festividades, inaugurações e encontros neste 20 de novembro.
Aqui em Belo Horizonte, Minas Gerais, onde resido,louvo as ações da prefeitura Municipal:acontecerá coetejo afro-brasieliro dos grupos MARACATU LUA NOVA, COLETIVO NEGRARIA,EU SOU ANGOLEIRO, ODUM ORIXás, daqui a pouco (14 horas) trá início na Zona Leste da capital mineira, mais precisamente, no tradicional Bairro Santa Efigêni –ficndo a Av Brasil inteditada até às dezenove horas (sentido Rua Domingos Vieira a OlegárioMaciel) .

Mais tarde, os caros Maurício Tizumba, Jorge Dissonância, além do Batuquerê e do Tambolelê e o Grupo de Dança Black Soul, apresentar-se –ão no Lapa Multishow (no mesmo bairro cito) . A entrada será apenas um uilo de alimento não perecível.

É preciso que não se trata apenas de uma data, há que haver uma conscientização diária e precoce e por isso, alunos da escola Municipal Hélio peregrino, terão a ótima experi~encia de fazer uma excursão á COMUNIDADE QUILOMBOLA DE SAPÉ , que fica em São José de paraopeba.

Quando reviso os projetos viabilizados por Marco lLobus, Presidente da Rede Catitu, deslumbrei-me com a ação na serra do Cipós, com os Cavucos, os Mestres do saber, que depois LLobus e seu grupo , empoderaram, em cerimônia de diplomação entre alunos e seus mestres de tradições- os mesmos chamados de “griots”, na França- com direito a convite, retrato e muita alegria na comemoração.

Nos nomes de escravos, ao ouvir velhas histórias reais , percebe-se o amor à África, pois muitos escravos usavam o nome de suas terras acoplado aos prenomes:
Joana d’Angola, Joaquim Conga (aliás, lembro-me nessa menção de Mestre Conga, assim chamado por dançar a conga desde menino, com latinhas de massa de tomate amarradas nas pernas, conforme contou-me em entrevista muito publicada .Ele foi o Cidadão do Samba – e ainda o é- à época dos grandes carnavais belorizontinos. A petrobrás finaciou sua discografia, projeto coordenado por Júlio Rosa e o idoso jovem ainda pertence à Academia do Samba, na UFMG.

Certa feita, em “Estalo, a revista”, publiquei uma página com os poetas Adão Ventura –que nos deixou mas ficou, conforme digo em poema alusivo - e Wagner Torres da revista Arte Quintal , Editora Plurarts,meu editor de Sombras feitas de Luz e Asas de Água) e companheiro das oficinas de Poesia (PUC Coração Eucarístico-na Nona Semana de Comunicação, Vestígios e PUC de Betim, no EREL_Encontro Regional de Estudantes de Letras)) , apenas pela excelência por estarem em minha história, esses mineiros ,mas há mil nomes a lembrar e lembro uns poucos para representarem tantos, de Milton Nascimento a Wilson Miranda, de Terezinha Romão a Ana Alcântara uma das mulheres a quem dediquei meu livro Erotíssima (poeta) , de Aroldo Pereira a Claudio Bento...

Luiza ferreira, President da casa do poivo-a Câmara Municipal- corroborou que a luta é contínua, mas que a data é muito importante para o Brasil jamais olvidar “ a dívida histórica e ética com os negros”, lembrando o triste dado de que nosso país, hoje aberto à iguladade, foi um dos últimos países do mundo a abolir de fato a escravidão.

A Prefeitura Municipal de Belo Horizonte , em decisão do prefeito Márcio Lacerda, entregou ontem 35 placas a personalidades que lutam pela igualdade entre as raças, sem preconceitos de cor,raça, gênero, classe social, no Salão Nobre . belo gesto, que dê frutos.Justas homenagens, que , por extensão, mesmo anônimos devem receber, quando são cidadãos conscientes e pacíficos-mas não passivos.

A dinâmica Maria das Graças Rodrigues, que é a Coordenadora Municipal de Promoção da Igualdade assinalou que ainda há muito a fazer, “um longo caminho a percorer.

Essa a gravação nas placas:

“ Pela resistência e perseverança no combate ao racismo, à discriminação , à xenofobia e à intolerância”.

O estimado Meste Conga ( o nome de batismo é José Lourenço) que citei acima, foi um dos homenageados.Sua escola de samba, a “Inconfidência Mineira”, celebrou , pelo seu decano sambista e compositor.

Desde adolescente, milito pela igualdade.Um de meus poemas, publicado na Gazeta Comercial, onde trabalhei, Nos Anos Sessenta, dizia:”

“Todo sangue é vermelho
Toda alma é qualquer cor”.

Continuemos por essa diluição total de todo e qualquer tolo preconceito , pois somos todos habitantes de um mesmo Planeta e esse é diversificado em tdos os aspectos, principalmente no humano e sempre o será.

Clevane Pessoa de Araújo Lopes

Belo Horizonte,Mg-Brasil
A minha irmã de criação PINGO (Beatriz), com quem passei a adolescência a compartilhar e sonhar enquanto ouvia sua linda voz e que ao casar-se com o carlos, também cantor , deu-me depois, por afilhado, seu primogênito Carlinhos.


20 de novembro de 2010

Exibições: 2604

Tags: 20, bicodepena, clevane, consciência, da, desenho, dia, negra, novembro, pessoa, Mais...poemagem

Comentar

Você precisa ser um membro de Poetas e Escritores do Amor e da Paz para adicionar comentários!

Entrar em Poetas e Escritores do Amor e da Paz

Comentário de Dely Thadeu Damaceno em 15 novembro 2012 às 9:22

Parabéns caros Clevane Pessoa Jaak Bosmans! A consciência desperta para a necessidade do fim da segregação despudorada do ser humano em relação á outro ser humano,por simples ignorância!Abraços,poetas!

Aniversários

VIVA A NATUREZA!

catálogos ecologicamente correto

PLÁGIO É CRIME!

ATENÇÃO!

O Portal PEAPAZ respeita a opinião de todos nos mais diversos espaços da rede. Reserva-se, no entanto, o direito de suspender textos que correspondam a atividades eleitorais de campanha e/ou textos de teor ofensivo, agressivo ou que sustente preconceitos de qualquer ordem, que promovam a violência ou que estejam em desacordo com o bom senso, a moral, os bons costumes e as leis nacionais. Da mesma forma, o Portal PEAPAZ poderá suspender e/ou desligar membros que publiquem este tipo de conteúdo. Se identificares algum conteúdo ofensivo ou comportamentos inadequados, por favor, notifica-nos.

Badge

Carregando...
**